Votação

Qual é seu digiescolhido predileto de Digimon Adventure Zero Two?

24% 24% [ 9 ]
5% 5% [ 2 ]
3% 3% [ 1 ]
24% 24% [ 9 ]
3% 3% [ 1 ]
41% 41% [ 15 ]

Total dos votos : 37

Últimos assuntos
» A Programação dos Digimon e Appmon
Sab 12 Ago 2017, 1:18 pm por Vitor-Aizen

» Feliz Aniversario Ruizu_Rz'
Qua 09 Ago 2017, 3:53 pm por KaiserLeomon

» Feliz Aniversario Rayana Wolfer
Dom 06 Ago 2017, 12:41 pm por KaiserLeomon

» [OFF-TOPIC]Os Cavaleiros do Zodíaco ganhará uma série exclusiva na Netflix
Qui 03 Ago 2017, 8:09 am por KaiserLeomon

» Mirei e os Telefones
Qua 02 Ago 2017, 5:47 pm por KaiserLeomon

» Conhecendo - GraceNovamon e o Mundo Digital "Iliad"
Sab 29 Jul 2017, 8:23 am por KaiserLeomon

» Digimon Data Fusion
Sex 28 Jul 2017, 11:16 am por KaiserLeomon

» Capítulos 51, 51.5 e 52 de Digimon V-Tamer 01 saíram em Português!
Seg 24 Jul 2017, 9:59 am por KaiserLeomon

» Feliz Aniversario aswq
Qui 20 Jul 2017, 7:28 am por KaiserLeomon

Os membros mais ativos da semana

Digimon4EverPT
Geração Digimon Digimon & Pokémon Mystery Universe Digimon4EverPT Digital ZonePowered by BannerFans.comTv Digimon

Religião: o que cada um de nós escolhemos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Religião: o que cada um de nós escolhemos

Mensagem por Engel Luci em Seg 07 Nov 2011, 5:08 pm

vim aqui levantar um assunto que mais da o que falar, religião, temos tantas religiões todas chegam ao mesmo ser, indo deste religiões A.C até D.C temos o catolicismo e suas divisões, temos o protestantismo também com suas divisões, as várias areas do espiritismo, isso não só se reflete na nossa vida e sim, vemos que vários animes, seriados falam deste temas, cada um colocando um ponto de vista, a religião é algo que pode mesmo nós ajudar, mas temos que compreender o que somos, e como cada um é, porque não adianta querer dizer que tal religião é melhor porque todas vão ao mesmo ser...

Quero saber a religião de cada um, eu creio em tudo devido minha existência que já sei como sou, mas temos que compreender um ao outro

Engel Luci

Younenki II
Younenki II

Mensagens : 93
Data de inscrição : 08/10/2011
Idade : 32
Localização : Alguma lugar do mundo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Religião: o que cada um de nós escolhemos

Mensagem por Luca em Seg 07 Nov 2011, 5:28 pm

Religião realmente é um assunto meio complicado...

Os humanos, por alguma razão acreditam que exista um ser superior, um Deus, pode ser que exista pode ser que não exista...

Na minha opinião, é quase impossível a ciência provar a existência de um Deus tão cedo... E mesmo que não provem, ainda vão existir aqueles que podem comprovar sua existência espiritualmente.

Existem diversas religiões pelo mundo e várias possuem 1 ou mais deuses... Eu sou... Meio pagão, meio-católico... Enquanto eu acredito em vários aspectos do cristianismo, como a existência de um Deus superior e de Jesus... Eu também acho que possam existir outros deuses e seres espirituais menores que possuem várias funções...

Também, posso dizer, não acredito que demônios sejam totalmente maus, pode existir um ou mais que se comportam como anti-herois... Como o Rika me disse uma vez, eles existem para menter o balanço entre o bem e o mal...

Afinal, existem vários humanos que agem como verdadeiros de... Não, seria um insulto aos demônios o chamarem disso... Adolf Hittler é um exemplo de um ser sem alma e coração... Ele perseguiu os Judeus e os pos em campos de concentração... Tudo isso para obter a raça perfeita...

Bem religião é uma coisa complicada, mas ela dá esperança a muitas pessoas... Cada um tem algo em que acredite e devemos respeitar isso...
avatar
Luca

Seichouki
Seichouki

Mensagens : 232
Data de inscrição : 02/10/2011
Idade : 21
Localização : Konoha-Amazonas

http://www.fanfiction.net/u/2395643/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Religião: o que cada um de nós escolhemos

Mensagem por Rikaru Muzai em Seg 07 Nov 2011, 5:53 pm

Bem, religião, um tema polêmico e que não me agrada nem um pouquinho, pois, com todo o respeito aos fiés à alguma religião, tudo isso vem da mesma origem do dinheiro, do egoísmo humano de querer definir quem é bom, quem é ruim, quem é melhor que os outros, quem é pior que os outros, enfim, uma grande poça de bobagem. Inclusive, há contradições nos próprios livros que muitos adoram e seguem, mas a inteligência dessas pessoas é tão menor que um átomo quanto a dos escritores destes livros, que até se contradizeram.

Não há como eu falar de religião sem demonstrar o meu completo desprezo por essa prática arcaica - será que não mais antiga do que a própria humanidade? - e ridícula de procurar alguém à quem servir. Para mim isso não passa de um desespero completo de encontrar um sentido para uma vida monótona, inútil e imperfeita, mas essas pessoas nunca encontrarão o que realmente procuram, sempre sentirão um vazio, mesmo que pareça ser pequenino após terem sofrido a lavagem cerebral ocasionada pelas suas próprias frustrações em relação à vida.

Bem, todos temos algo em que acreditamos, até mesmo os Ateus, pois acreditar na não existência de seres celestiais e demoníacos é acreditar em algo da mesma forma. No que eu acredito? Sou agnóstico e acredito no que disse acima, que a religião é uma tentativa desesperada de salvação que as pessoas praticam para mudar a vida medíocre delas e tentar perdoar à elas mesmas pelos seus "pecados".

Deixarei aqui um texto escrito por uma amiga minha que também é Agnóstica, assim os que não conhecem e tiverem interesse em saber o que é um Agnóstico, poderão saber. Fora que há também questionamentos bem interessantes neste texto.

"As pessoas tendem a confundir agnósticos e ateístas, mas somos um pouco diferentes...

Ateístas tendem a negar a existência de deuses. Para eles, é inconcebível a existência de um criador acima de todas as criaturas. Nós, ao contrário, não negamos a possibilidade da existência divina, porém, cremos na impossibilidade de prova. Há vários tipos de agnósticos, já que somos agnósticos por várias razões diferentes. Eu tenho mais de uma razão, me enquadrando em mais de um tipo portanto:

Ignosticismo: É bem simples. Como podemos aceitar ou não a existência de um ou mais deuses se não o definimos? Nunca vi uma definição lógica e precisa de "deus" ou da "existência". A partir do momento em que isto for definido (e há, certamente, pelo menos, uma definição para cada religião ou até mesmo para cada pessoa), pode-se iniciar uma pesquisa sobre a existência ou não daquilo definido previamente. Antes disto, é apenas atirar no escuro.

Agnosticismo Apático: Mas, então, após definirmos... E se realmente encontrramos? E se não encontrarmos? Será que isto faria a diferença? Ou uma pergunta melhor seria: Será que isto deve fazer diferença? Será que nossas ações devem ser reguladas por um ou mais deuses? Será que cada um de nós só deve fazer o bem pela promessa de vida eterna ou para ser beneficiado mais tarde de alguma forma?

Será que é tão difícil confiar que a bondade humana é capaz de ser justa mesmo sem que seja preciso ameaçar sua integridade espiritual? Acredito que devemos definir nosso próprio bem e mal de acordo com nossas vivências, pois, mesmo que exista um ou mais deuses oniscientes, onipotentes, onipresentes; nós, realmente, devemos obedecê-lo apenas por conveniência própria? Apenas para lucrar ou por medo de sermos castigados? E os outros seres humanos? Não são dignos nem de respeito o suficiente para que não façamos a eles o que não gostaríamos que fosse-nos feito?

Isso me faz pensar se os deuses, caso tenham sido, todos eles, criados exclusivamente pelo homem, não são realmente úteis para impedir que este monte de fiéis que fazem bem aos outros apenas pensando em seu próprio saiam por aí maltratando uns aos outros, destruindo o mundo e desrespeitando todas as pessoas..."


Peço desculpas se ofendi alguém, mas como eu disse, não há como eu falar sobre religião de outra forma. E também, se eu ofendi alguém, é porque eu acertei em cheio uma ferida incômoda. Estou apenas cumprindo o meu direito de liberdade de expressão e expondo a minha opinião, não citei nomes, ou seja, não ofendi ninguém diretamente, não tive e não tenho esta intenção.
avatar
Rikaru Muzai

Seijukuki
Seijukuki

Mensagens : 564
Data de inscrição : 02/10/2011
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Religião: o que cada um de nós escolhemos

Mensagem por Phillip D'loup em Seg 07 Nov 2011, 7:07 pm

Rikaru Muzai escreveu:Bem, religião, um tema polêmico e que não me agrada nem um pouquinho, pois, com todo o respeito aos fiés à alguma religião, tudo isso vem da mesma origem do dinheiro, do egoísmo humano de querer definir quem é bom, quem é ruim, quem é melhor que os outros, quem é pior que os outros, enfim, uma grande poça de bobagem. Inclusive, há contradições nos próprios livros que muitos adoram e seguem, mas a inteligência dessas pessoas é tão menor que um átomo quanto a dos escritores destes livros, que até se contradizeram.

Não há como eu falar de religião sem demonstrar o meu completo desprezo por essa prática arcaica - será que não mais antiga do que a própria humanidade? - e ridícula de procurar alguém à quem servir. Para mim isso não passa de um desespero completo de encontrar um sentido para uma vida monótona, inútil e imperfeita, mas essas pessoas nunca encontrarão o que realmente procuram, sempre sentirão um vazio, mesmo que pareça ser pequenino após terem sofrido a lavagem cerebral ocasionada pelas suas próprias frustrações em relação à vida.

Essa foi forte, Rikaru. Encontro-me na posição de necessidade de dicordância.
Sou Ateu, acho absurda a existência de seres superiores, mas como um bom filósofo e aspirante a psicólogo e antropólogo posso afirmar que não é bem assim!

A origem principal da religião é a mesma da filosofia e das artes.
Perguntas sem resposta e a criatividade humana unem-se para criar essas respostas... Teorias talvez.
no período paleolítico como aquelas pessoas poderiam deduzir daonde vem a chuva, por exemplo? A melhor teoria possível é que existia alguém que controlasse o tempo. Sendo que o ser humano não conehce nada além do próprio humano, deduziam que esses seres superiores assemelhavam-se a eles no interior, mesmo que muitas vezes tivessem aparência animal.
Pensemos nisso como imaginação coletiva.

Na Eurásia e alguns pontos específicos da América e da Ásia, depois de certo tempo, é que de facto começou a se usar essa imaginação coletiva como uma desculpa para a divisão de poder.
"Eu sou decendente de Urano, portanto sou o rei de Atenas" é um bom exemplo desse uso, mas também poderia ocorrer o contrário. "Zeus destronou Urano, então nós destronaremos você!". Com isso e tantas outras coisas podemos deduzir que a religião é uam forma das pessoas ganharem forças aquilo que parece ser impossível de ser feito sozinho. Como exemplos a serem seguidos.
Zeus despresava o canibalismo, e na Grécia os casos de Canibalismos apenas cessaram com a propagação do antigo paganismo grego com Zeus como rei dos deuses.

Cristianismo não é diferente. Na história de Cristo vemos uma luta pacífica contra a tirania romana. Um homem que se devota a Deus e nele encontra uma felicidade maior do que qualquer coisa mundana. E, cara, se não fosse o cristianismo, e, ouso dizer, o catolicismo, não haveriam quaisquer tipos de preceitos éticos na sociedade moderna. Consegue imaginar como o mundo seria um caos sem as idéias católicas dos 7 pecados capitais e das 7 virtudes divinas?!

Se não fosse o catolicismo a musica erudita não seria a mesma coisa e não teriamos nenhum tipo de rock como os conhecemos.

Se não fosse a religiosidade grega não haveria filosofia, logo não haveria ciência. Provavelmente ainda existiriam canibais na Grécia.

Religiões tem seus defeitos, mas não são de todo o mal.

Phillip D'loup

Younenki
Younenki

Mensagens : 18
Data de inscrição : 06/11/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Religião: o que cada um de nós escolhemos

Mensagem por Rikaru Muzai em Seg 07 Nov 2011, 7:14 pm

Se os humanos precisam de deuses para fazerem o correto e impedir que a convivência seja caótica, então só posso lamentar por essas pobres almas, são tão podres quanto a própria carne que se desintegra sozinha quando morremos. Bem, por mim é o suficiente, expus o meu lado e realmente não quero prolongar isso ocasionando em uma briga maior.
avatar
Rikaru Muzai

Seijukuki
Seijukuki

Mensagens : 564
Data de inscrição : 02/10/2011
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Religião: o que cada um de nós escolhemos

Mensagem por Phillip D'loup em Seg 07 Nov 2011, 7:20 pm

Rikaru Muzai escreveu:Se os humanos precisam de deuses para fazerem o correto e impedir que a convivência seja caótica, então só posso lamentar por essas pobres almas, são tão podres quanto a própria carne que se desintegra sozinha quando morremos. Bem, por mim é o suficiente, expus o meu lado e realmente não quero prolongar isso ocasionando em uma briga maior.
Ninguém está brigando.
E tudo faz parte do processo evolutivo. Ainda há de chegar a hora que religião não será mais necessária.

Phillip D'loup

Younenki
Younenki

Mensagens : 18
Data de inscrição : 06/11/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Religião: o que cada um de nós escolhemos

Mensagem por Takuya21 em Seg 07 Nov 2011, 7:44 pm

Acho que religião é algo que cada individuo deveria trabalhar pra construir, não simplesmente adotar dogmas prontos e aceitá-los como verdade absoluta. Enfim, eu acredito em Deus, os ensinamentos de Jesus fazem todo o sentido do mundo pra mim, e eu acho um saco alguém tentar me dizer no que eu devo acreditar. Minha fé é algo pessoal e construído por mim, ao longo dos meus míseros 21 anos de existência. Não é algo de que eu abro mão. Assim como eu não tento impor a minha verdade à ninguem, não gosto que tentem fazer o mesmo comigo.

avatar
Takuya21

Younenki II
Younenki II

Mensagens : 41
Data de inscrição : 26/10/2011
Idade : 27
Localização : Brasil

http://digitalzone.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Religião: o que cada um de nós escolhemos

Mensagem por Rikaru Muzai em Seg 07 Nov 2011, 8:06 pm

Eu penso da mesma forma que você Takuya, cada um deve ser livre para fazer o que quiser com a sua vida. Porém, a maioria dos seres humanos estão abusando da liberdade, não estão fazendo o que querem "apenas" com a própria vida, estão fazendo com a vida dos outros, destruindo a natureza, matando seres vivos e até seres da mesma espécie. Se houvesse a solidariedade e o amor ao próximo que é dito nas religiões, mas que nenhum fiel cumpre, aí sim o mundo seria um lugar melhor.
avatar
Rikaru Muzai

Seijukuki
Seijukuki

Mensagens : 564
Data de inscrição : 02/10/2011
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Religião: o que cada um de nós escolhemos

Mensagem por Rayana_Wolfer em Seg 07 Nov 2011, 9:57 pm

Ah, este tópico fez-me lembrar um texto que eu li faz algum tempo...

*procura no google*

Encontrei!

Diferença entre Religião e Espiritualidade

A religião alimenta a mente; a espiritualidade, a alma!!
As Diferenças entre Religião e Espiritualidade

A religião não é apenas uma, são centenas.
A espiritualidade é apenas uma.
A religião é para os que dormem.
A espiritualidade é para os que estão despertos.

A religião é para aqueles que necessitam que alguém lhes diga o que fazer e querem ser guiados.
A espiritualidade é para os que prestam atenção à sua Voz Interior.
A religião tem um conjunto de regras dogmáticas.
A espiritualidade te convida a raciocinar sobre tudo, a questionar tudo.

A religião ameaça e amedronta.
A espiritualidade lhe dá Paz Interior.
A religião fala de pecado e de culpa.
A espiritualidade lhe diz: “aprenda com o erro”.

A religião reprime tudo, te faz falso.
A espiritualidade transcende tudo, te faz verdadeiro!
A religião não é Deus.
A espiritualidade é Tudo e, portanto é Deus.

A religião inventa.
A espiritualidade descobre.
A religião não indaga nem questiona.
A espiritualidade questiona tudo.

A religião é humana, é uma organização com regras.
A espiritualidade é Divina, sem regras.
A religião é causa de divisões.
A espiritualidade é causa de União.

A religião lhe busca para que acredite.
A espiritualidade você tem que buscá-la.
A religião segue os preceitos de um livro sagrado.
A espiritualidade busca o sagrado em todos os livros.

A religião se alimenta do medo.
A espiritualidade se alimenta na Confiança e na Fé.
A religião faz viver no pensamento.
A espiritualidade faz Viver na Consciência.

A religião se ocupa com fazer.
A espiritualidade se ocupa com Ser.
A religião alimenta o ego.
A espiritualide nos faz Transcender.

A religião nos faz renunciar ao mundo.
A espiritualidade nos faz viver em Deus, não renunciar a Ele.
A religião é adoração.
A espiritualidade é Meditação.

A religião sonha com a glória e com o paraíso.
A espiritualidade nos faz viver a glória e o paraíso aqui e agora.
A religião vive no passado e no futuro.
A espiritualidade vive no presente.

A religião enclausura nossa memória.
A espiritualidade liberta nossa Consciência.
A religião crê na vida eterna.
A espiritualidade nos faz consciente da vida eterna.

A religião promete para depois da morte.
A espiritualidade é encontrar Deus em Nosso Interior durante a vida.

Fonte: Teoria da Conspiração

Acho que este texto resume perfeitamente a minha posição quanto a religiões.
Eu curto religião no "sentido espiritualista" do verbo "religare" do qual provém o conceito. Mas como o conceito de "religião" hoje em dia é sinónimo de "instituição religiosa", fico-me pela espiritualidade.

PS.: Não concordo que Espiritismo seja uma religião. O "espiritismo à brasileira" talvez, mas o de Allan Kardec, fuck no!
avatar
Rayana_Wolfer

Seichouki
Seichouki

Mensagens : 128
Data de inscrição : 25/09/2011
Idade : 29
Localização : Portugal

http://rainbow09.comli.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Religião: o que cada um de nós escolhemos

Mensagem por Takuya21 em Seg 07 Nov 2011, 10:32 pm

Rayana_Wolfer escreveu:Ah, este tópico fez-me lembrar um texto que eu li faz algum tempo...

*procura no google*

Encontrei!
Spoiler:

Diferença entre Religião e Espiritualidade

A religião alimenta a mente; a espiritualidade, a alma!!
As Diferenças entre Religião e Espiritualidade

A religião não é apenas uma, são centenas.
A espiritualidade é apenas uma.
A religião é para os que dormem.
A espiritualidade é para os que estão despertos.

A religião é para aqueles que necessitam que alguém lhes diga o que fazer e querem ser guiados.
A espiritualidade é para os que prestam atenção à sua Voz Interior.
A religião tem um conjunto de regras dogmáticas.
A espiritualidade te convida a raciocinar sobre tudo, a questionar tudo.

A religião ameaça e amedronta.
A espiritualidade lhe dá Paz Interior.
A religião fala de pecado e de culpa.
A espiritualidade lhe diz: “aprenda com o erro”.

A religião reprime tudo, te faz falso.
A espiritualidade transcende tudo, te faz verdadeiro!
A religião não é Deus.
A espiritualidade é Tudo e, portanto é Deus.

A religião inventa.
A espiritualidade descobre.
A religião não indaga nem questiona.
A espiritualidade questiona tudo.

A religião é humana, é uma organização com regras.
A espiritualidade é Divina, sem regras.
A religião é causa de divisões.
A espiritualidade é causa de União.

A religião lhe busca para que acredite.
A espiritualidade você tem que buscá-la.
A religião segue os preceitos de um livro sagrado.
A espiritualidade busca o sagrado em todos os livros.

A religião se alimenta do medo.
A espiritualidade se alimenta na Confiança e na Fé.
A religião faz viver no pensamento.
A espiritualidade faz Viver na Consciência.

A religião se ocupa com fazer.
A espiritualidade se ocupa com Ser.
A religião alimenta o ego.
A espiritualide nos faz Transcender.

A religião nos faz renunciar ao mundo.
A espiritualidade nos faz viver em Deus, não renunciar a Ele.
A religião é adoração.
A espiritualidade é Meditação.

A religião sonha com a glória e com o paraíso.
A espiritualidade nos faz viver a glória e o paraíso aqui e agora.
A religião vive no passado e no futuro.
A espiritualidade vive no presente.

A religião enclausura nossa memória.
A espiritualidade liberta nossa Consciência.
A religião crê na vida eterna.
A espiritualidade nos faz consciente da vida eterna.

A religião promete para depois da morte.
A espiritualidade é encontrar Deus em Nosso Interior durante a vida.

Fonte: Teoria da Conspiração

Acho que este texto resume perfeitamente a minha posição quanto a religiões.
Eu curto religião no "sentido espiritualista" do verbo "religare" do qual provém o conceito. Mas como o conceito de "religião" hoje em dia é sinónimo de "instituição religiosa", fico-me pela espiritualidade.

PS.: Não concordo que Espiritismo seja uma religião. O "espiritismo à brasileira" talvez, mas o de Allan Kardec, fuck no!

Tive que quotar Very Happy . Concordo com a importância da religião no "sentido espiritualista", sinceramente não sinto necessidade alguma de estar dentro duma igreja ou fazer parte duma instituição religiosa especifica pra desenvolver o meu aprendizado espiritual. E também não concordo que tratem o Espiritismo como religião, penso que isso limita muito o alcance que a doutrina pode ter.
avatar
Takuya21

Younenki II
Younenki II

Mensagens : 41
Data de inscrição : 26/10/2011
Idade : 27
Localização : Brasil

http://digitalzone.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Religião: o que cada um de nós escolhemos

Mensagem por KaiserLeomon em Ter 08 Nov 2011, 5:02 am

Eu creio que o homem carrega dentro de si o mesmo potencial tanto para o bem como para o mal , creio que podemos conceber os mais belos sonhos e os mais horríveis pesadelos creio que é nossa escolha decidirmos se vamos curar ou ferir , criar ou matar e que somos igualmente divinos e profanos tendo dentro de nós um pouco tanto das alturas celestiais quanto das profundezas abissais e acima de tudo ... sobre Deus ... eu creio nestas palavras sobre ele tão sábias escritas por Carl Sagan no seu livro " Contato ":

A Assinatura do Artista :

O universo fora construído com um sentido, dizia o círculo.Seja em que galáxia estiveres, toma a circunferência de um círculo, divide-a por seu diâmetro, mede com todo cuidado e descobre um milagre- outro círculo, traçado a quilômetros da vírgula decimal. Haveria, mais adiante, mensagens ainda mais ricas.Não importa a tua aparência, a matéria de que és feito ou de onde vieste. Desde que vivas neste universo, e tenhas um modesto talento para a matemática, mais cedo ou mais tarde o encontrarás. Vê está aqui. Está dentro de tudo. Não precisas deixar teu planeta para encontrá-lo. Na trama do espaço, como na natureza da matéria, e ainda numa grande obra de arte, lá está ela, em letras pequenas, a assinatura do artista. Sobrepondo-se aos homens, aos deuses e aos demônios, englobando Zeladores e Construtores de
Túneis, há uma inteligência que antecede o universo.



Última edição por KaiserLeomon em Sab 12 Nov 2011, 10:27 am, editado 2 vez(es)

__________________________________________________________________________

"Faça todo o bem que você puder, com todos os recursos que você puder, por todos os meios que você puder, em todos os lugares que você puder, em todos os tempos que você puder, para todas as pessoas que você puder, sempre e quando você puder."

Friedrich Von Schiller
avatar
KaiserLeomon

Moderador
Moderador

Mensagens : 4366
Data de inscrição : 02/10/2011
Idade : 46
Localização : Guarulhos

http://sansomon.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Religião: o que cada um de nós escolhemos

Mensagem por Marcy em Ter 08 Nov 2011, 11:02 am

Ah, não, esse assunto de novo não...

Religião é uma coisa muito complicada (os antigos usuários da DD que os digam!), e eu já parei de fazer textos e mais textos defendendo ou criticando religiões.

Sou católica e procuro respeitar as demais opiniões. A religião é uma forma de nos "levar ao caminho correto", se é que posso definir assim, pois sem as religiões o mundo estaria um caos. Porém, podem ver que isso não acontece: as religiões estão à beira do "caminho errado". São poucas as instituições religiosas que mantêm uma "ficha limpa" atualmente. mesmo assim, as religiões são capazes de manipular pessoas, países e até o mundo.

Vamos por partes.

Idade Média; conhecida como "A Época Negra da História". A Igreja Católica comandava toda a Europa, e ai de quem não obedecesse! Muita gente inocente morreu devido à Igreja, torturadas e executadas brutalmente pela Inquisição. Até que surgiu um homem chamado Martinho Lutero que mudou totalmente a História e graças à ele e outras pessoas que desafiaram o Clero e fizeram as pessoas "acordarem", a Igreja Católica não é nem 1% parecida com o que era antigamente.

Jihad; conhecida popularmente como a Guerra Santa. Muita gente morreu por não querer se converter ao Islamismo. E ainda hoje há muçulmanos que matam pessoas por elas não se converterem à religião predominante do Oriente Médio (os terroristas). Não estou criticando o Islamsimo, pois sei que 90% dos muçulmanos é contra ao terrorismo, porém ainda existem perguntas no ar. O Corão ensina que devemos manter a paz e a igualdade entre os povos, mas eu não entendo porque ainda existem muçulmanos que têm ódio pelos cristãos e as mulheres são inferiorizadas no mundo islâmico.

A Revelação da Igreja Universal do Reino de Deus: Essa Igreja evangélica brasileira teve muita polêmica ultimamente devido ao bispo Edir Macedo, que foi filmado nos EUA segurando uma bola de dólares que vieram dos fiéis, e ainda estava exclamando mais ou menos assim: "Olha, quanto dinheiro! Estou rico!!". E o programa da Rede Globo Fantástico até fez uns anos atrás uma matéria negativando a IURD, mostrando que muitos fiéis foram roubados.
O mais triste dessa história é que não é só a Universal que faz isso: creio que é assim com a maioria das religiões do planeta.


Acho que as pessoas podem, sim, seguir uma religião, respeitando-a e respeitando as demais. Porém, deve estar sempre alerta para não ficar alienada, pois às vezes isso nos impede de fazer determinadas coisas.

Como já dito, as religiões são capazes de mudar o mundo. Por exemplo: o Protestantismo prega que o trabalho é uma dádiva de Deus. Não é à toa que os países da Europa e os EUA - países com grande predominância de protestantes - são países desenvolvidos, ao contrário do norte da África, onde predomina o Islamismo que prega que os ricos dificilmente vão ao paraíso. Curioso, não?



avatar
Marcy

Kazentai
Kazentai

Mensagens : 1030
Data de inscrição : 09/10/2011
Localização : Terra dos Ex-Adm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Religião: o que cada um de nós escolhemos

Mensagem por KaiserLeomon em Ter 08 Nov 2011, 12:02 pm

Eu creio que quero acreditar


Última edição por KaiserLeomon em Sab 12 Nov 2011, 10:31 am, editado 2 vez(es)

__________________________________________________________________________

"Faça todo o bem que você puder, com todos os recursos que você puder, por todos os meios que você puder, em todos os lugares que você puder, em todos os tempos que você puder, para todas as pessoas que você puder, sempre e quando você puder."

Friedrich Von Schiller
avatar
KaiserLeomon

Moderador
Moderador

Mensagens : 4366
Data de inscrição : 02/10/2011
Idade : 46
Localização : Guarulhos

http://sansomon.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Religião: o que cada um de nós escolhemos

Mensagem por Rikaru Muzai em Ter 08 Nov 2011, 1:08 pm

Rayana_Wolfer escreveu:Ah, este tópico fez-me lembrar um texto que eu li faz algum tempo...

*procura no google*

Encontrei!

Spoiler:
Diferença entre Religião e Espiritualidade

A religião alimenta a mente; a espiritualidade, a alma!!
As Diferenças entre Religião e Espiritualidade

A religião não é apenas uma, são centenas.
A espiritualidade é apenas uma.
A religião é para os que dormem.
A espiritualidade é para os que estão despertos.

A religião é para aqueles que necessitam que alguém lhes diga o que fazer e querem ser guiados.
A espiritualidade é para os que prestam atenção à sua Voz Interior.
A religião tem um conjunto de regras dogmáticas.
A espiritualidade te convida a raciocinar sobre tudo, a questionar tudo.

A religião ameaça e amedronta.
A espiritualidade lhe dá Paz Interior.
A religião fala de pecado e de culpa.
A espiritualidade lhe diz: “aprenda com o erro”.

A religião reprime tudo, te faz falso.
A espiritualidade transcende tudo, te faz verdadeiro!
A religião não é Deus.
A espiritualidade é Tudo e, portanto é Deus.

A religião inventa.
A espiritualidade descobre.
A religião não indaga nem questiona.
A espiritualidade questiona tudo.

A religião é humana, é uma organização com regras.
A espiritualidade é Divina, sem regras.
A religião é causa de divisões.
A espiritualidade é causa de União.

A religião lhe busca para que acredite.
A espiritualidade você tem que buscá-la.
A religião segue os preceitos de um livro sagrado.
A espiritualidade busca o sagrado em todos os livros.

A religião se alimenta do medo.
A espiritualidade se alimenta na Confiança e na Fé.
A religião faz viver no pensamento.
A espiritualidade faz Viver na Consciência.

A religião se ocupa com fazer.
A espiritualidade se ocupa com Ser.
A religião alimenta o ego.
A espiritualide nos faz Transcender.

A religião nos faz renunciar ao mundo.
A espiritualidade nos faz viver em Deus, não renunciar a Ele.
A religião é adoração.
A espiritualidade é Meditação.

A religião sonha com a glória e com o paraíso.
A espiritualidade nos faz viver a glória e o paraíso aqui e agora.
A religião vive no passado e no futuro.
A espiritualidade vive no presente.

A religião enclausura nossa memória.
A espiritualidade liberta nossa Consciência.
A religião crê na vida eterna.
A espiritualidade nos faz consciente da vida eterna.

A religião promete para depois da morte.
A espiritualidade é encontrar Deus em Nosso Interior durante a vida.

Fonte: Teoria da Conspiração

Acho que este texto resume perfeitamente a minha posição quanto a religiões.
Eu curto religião no "sentido espiritualista" do verbo "religare" do qual provém o conceito. Mas como o conceito de "religião" hoje em dia é sinónimo de "instituição religiosa", fico-me pela espiritualidade.

PS.: Não concordo que Espiritismo seja uma religião. O "espiritismo à brasileira" talvez, mas o de Allan Kardec, fuck no!

Fico feliz que tenha compartilhado este texto conosco Rayana, eu concordo com tudo o que é dito nele e é algo para se pensar profundamente. Não conheço muito do Espiritismo, mas pelo que é dito no texto, está bem longe de ser parecido com qualquer religião existente, por isso acredito que o certo é não considerá-lo uma religião, mas sim um modo de viver, um modo de seguir em frente com as nossas vidas, do modo que acreditamos ser o certo, seguindo o que sabemos ao compreender a vida.
avatar
Rikaru Muzai

Seijukuki
Seijukuki

Mensagens : 564
Data de inscrição : 02/10/2011
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Religião: o que cada um de nós escolhemos

Mensagem por Engel Luci em Ter 08 Nov 2011, 2:36 pm

Bom minha fé é espiritualidade independente de religião não é doa que tenho tatuado em mim em um braço nove simbolos religiosos, e no outro braço meu nome em rúnico, pretendo fechar cada braço ligado a tema que começei, como fazer tattoo no peito e costas também a ver com minha espiritualidade

Ao mesmo tempo que creio em Deus, também creio em outras divindades, sou tarologo, rumenal, faço mapa astral, mecho com angelismo, demonologia, entre vários temas sendo que eu uso muito isso para ajudar aqueles que gosto, maioria dos simbolos que o Kaiser colocou tenho tatuado, além de ter minha fé, creio que crendo no Grande Arquiteto - conheçido como Deus na parte da maçonaria, como também entendo de outras sociedades secretas, e faço de tudo para aqueles ao meu redor, e não distrato ninguém mesmo sendo de cada um uma fé, respeito sempre a todos

Engel Luci

Younenki II
Younenki II

Mensagens : 93
Data de inscrição : 08/10/2011
Idade : 32
Localização : Alguma lugar do mundo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Religião: o que cada um de nós escolhemos

Mensagem por Leonardo Polli em Ter 08 Nov 2011, 8:58 pm

Bom, geralmente eu não gosto de falar muito sobre religiões, mas, vamos lá.

Religião deveria significar união, mas, em contrapartida, ela separa as pessoas. Por quê? Vejamos bem. Desde os primórdios do tempo, quando o cristianismo/catolicismo foi criado, logicamente havia outras pessoas que não ia com os dogmas impostos por aquela religião, e de certo modo pensavam diferente. Assim, surgiram as muitas outras religiões que conhecemos hoje, tal como os evangélicos, os testemunhas de jeová, entre outros.

Pra mim, devia existir apenas o que a Ray citou - a espiritualidade. O acreditar em Deus, ter fé num ser superior, que te dá forças para seguir em frente. Assim, todos pensariam "igual" e não haveriam guerras, e somente a paz... mas, isso é meio que impossível, rs. Como sou religioso e ao mesmo tempo meio pro lado da ciência, a minha concepção de criação do universo é de que Deus causou o BigBang, este que por si gerou o universo. Mas ai entraria uma mistura de Darwin com catolicismo e daria muita coisa pra falar...
avatar
Leonardo Polli

Administrador
Administrador

Mensagens : 296
Data de inscrição : 02/05/2011
Idade : 21
Localização : Limeira, SP

http://digimonforever.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Religião: o que cada um de nós escolhemos

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum