Votação

Qual é seu digiescolhido predileto de Digimon Adventure Zero Two?

24% 24% [ 9 ]
5% 5% [ 2 ]
3% 3% [ 1 ]
24% 24% [ 9 ]
3% 3% [ 1 ]
41% 41% [ 15 ]

Total dos votos : 37

Últimos assuntos
Os membros mais ativos da semana
KaiserLeomon
 
Vitor-Aizen
 
Lawliet
 

Digimon4EverPT
Geração Digimon Digimon & Pokémon Mystery Universe Digimon4EverPT Digital ZonePowered by BannerFans.comTv Digimon

DigiQuartz e Underground - semelhanças

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

DigiQuartz e Underground - semelhanças

Mensagem por Marcy em Ter 24 Jan 2012, 4:01 pm

Na verdade isso não é exatamente uma teoria, e sim uma observação minha. E me desculpem pela má qualidade de algumas imagens.

Quando saiu os primeiros episódios de Digimon Xros Wars: Os Jovens Caçadores Que Correm Através do Tempo, muitos fãs acharam muita inovação, genialidade e criatividade o DigiQuartz e o fato dos digimons que vivem neles se alimentarem de energia negativa dos humanos. Porém, eu não achei isso; para mim foi uma espécie de cópia que fizeram de um jogo lançado para Nintendo DS.

Para mim, essa ideia teve um impacto maior porque, ao mesmo tempo que eu estava assistindo a nova temporada, também estava jogando esse jogo, que, para falar a verdade, zerei recentemente.

O jogo se chama The World Ends With You, ou It's a Wonderful World, na versão japonesa. Foi lançado em 2007 no Japão e no ano seguinte nos EUA. É da Square Enix e seu roteiro foi elaborado pelos respeitáveis Gen Kobayashi e Tetsuya Nomura, dois dos nomes mais famosos no mundo dos J-RPGs.

Como sei que 90% dos membros daqui não conhecem a história ou nunca ouviram falar do jogo, terei que fazer uma análise dele. À medida que lerem, irão perceber o porquê de eu achar este jogo meio parecido com o anime.


O jogo se passa em Shibuya, um distrito de Tóquio. Ele começa com o adolescente Neku Sakuraba, o personagem principal, praguejando. A partir daí, nota-se que o garoto é reservado e estressado, já que o fato de andar na rua e ouvir o murmúrio da multidão que passa no cruzamento próximo do Departamento 109 (um dos cruzamentos mais caóticos de Shibuya - mas devido ao copyright das lojas, foi chamado de 104 Building no jogo) o irrita. Mas, de repente, algo estranho acontece e ele aparece caído no chão, com um temporizador "mágico" na mão e tudo fica estranho para ele de súbito. E então, aparecendo no celular dele, Neku recebe algo que parece ser uma missão. Se ele não cumprir a missão até o temporizador de sua mão acabar, ele simplesmente morre - ou melhor falando, é apagado. O jogo é, no começo, básico: você tem 7 dias para realizar uma missão por dia, e se não cumpri-las no devido tempo, perde. Neku está, de algum modo, participando de um Jogo controlado por um grupo que se denominam "Reapers".


Até aí tudo bem. É um jogo interessante de cumprir missões.

Ok, voltando à história. Ele descobre que consegue ler as mentes das pessoas e, mais tarde, a usar poderes psíquicos. Aparece umas criaturas estranhas na frente de Neku e ele se desespera, e então começa a gritar por socorro no meio da multidão no cruzamento. Mas ninguém o atende. Ninguém consegue vê-lo, ouvi-lo ou senti-lo. Era como se Neku não existisse. Progredindo mais na história, ele descobre o porquê disso.

Neku e os outros jogadores do mesmo Jogo em que ele está "acidentalmente" participando estão em Shibuya. Mas não na Shibuya DELES, e sim uma outra Shibuya. Mas essa Shibuya está na mesma "frequência" da outra, como se ambas as dimensões estivessem ocupando o mesmo espaço temporal. A Shibuya "normal" está em uma dimensão chamada Realground, e a Shibuya em que eles estão está em uma dimensão chamada Underground.

Eu comparei o DigiQuartz de Digimon com o Underground de The World Ends With You. Em alguns pontos, ambos são muitos parecidos.

Mas não é só isso.

Além dos Reapers e dos jogadores, tem mais algumas coisas habitando o Underground. São os monstros do jogo, metade animais, metade grafite e são às vezes manipulados pelos tais Reapers. Eles são chamados de Noises.


Alguns exemplos de Noises

Os Noises, a princípio, aparecem como símbolos e só são encontrados pelos jogadores usando o Scan - mesma técnica utilizada no jogo para ler as mentes das pessoas. Porém os símbolos se "tranformam" em monstros, os Noises em si. Essas criaturas existem no Underground mas influenciam diretamente no Realground. Como? Simples; os Noises se alimentam de energia negativa. Medo, raiva, baixa auto-estima, ódio, inveja, estresse. Os Noises adoram isso e, em um lugar caótico feito Shibuya, há muitos deles. Em alguns casos extremos de pessoas no Realground que tem muita energia negativa, os Noises podem até possui-las e por isso teletransporta-las ao Underground.


Desculpem pelo pequeno spoiler... tem um caso, por exemplo, que uma jovem colegial sente ódio pela amiga por desconfiar que ela está a traindo se apaixonando pelo seu namorado. A energia liberada por ela era tão grande que um Noise estava prestes a possui-la (usando o Scan, Neku via o Noise circulando freneticamente ao redor da adolescente), mas isso não chegou a acontecer porque Neku o derrotou a tempo e a raiva da garota dissipou após um longo diálogo.


Cena de algumas pessoas sendo raptadas por Noises


Visualizando os Noises Symbols em uma rua usando o Scan

Além de cumprir as missões do Jogo, Neku também precisa eliminar alguns Noises.

Os digimons que vivem no DigiQuartz, ou pelo menos a maioria deles, se alimentam do poder do coração humano, mas muitos apelam para a energia negativa deles. E também podem possuir um humano caso ele tenha muita energia.


Sudou Miho que, devido à sua inveja, foi possuída por um Blossomon no 4º episódio de Digimon Hunters

É só isso.

No entanto, as semelhanças param por aí. Enquanto no anime os caçadores vão ao DigiQuartz por diversão ou para caçar Digimons, os jogadores de The World Ends With You estão no Underground por uma outra razão - que eu não vou contar.


Última edição por Marcy em Qua 25 Jan 2012, 7:07 am, editado 1 vez(es)
avatar
Marcy

Kazentai
Kazentai

Mensagens : 1030
Data de inscrição : 09/10/2011
Localização : Terra dos Ex-Adm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DigiQuartz e Underground - semelhanças

Mensagem por Digi Rei em Ter 24 Jan 2012, 4:24 pm

Marcy escreveu:os jogadores de The World Ends With You estão no Underground por uma outra razão - que eu não vou contar.
Conta, conta, conta! KKK'
Brincadeira.
Interessante sua teoria/observação ou observação/teoria KKK' (Razz)
Enfim, realmente parece muito. E o jeito que eles manipulam o Xros Loader, criando um tipo de "janela" que pode ver o DigiQuartz, é bem parecido com o que você disse aí, sobre o jogo, quando eles usam o Scan.
Shibuya aqui, ali e acolá. Quando li Underground no título, associei à palavra "Underworld" e pensei: "Ela tá comparando o DigiQuartz com o Inferno?" KKK'
Bem, gostei muito do texto e me deu vontade de jogar.
Os Noises, realmente são bem planejados e bem maus! São muito parecidos com os digimons do DigiQuartz, se alimentando de emoções ruins!
Muito legal!
|
|
|
|
Essa sua personagem do avatar é uma menina do jogo certo? (pesquisei sobre o jogo e vi ela, pensando que era um avatar seu de outro fórum KKK)

__________________________________________________________________________

AVANTE CATastrophe!

avatar
Digi Rei

Moderador
Moderador

Mensagens : 949
Data de inscrição : 02/11/2011
Idade : 19
Localização : Ribeirão Preto, São Paulo

http://nihongo-gakkou.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum