Votação

Qual é seu digiescolhido predileto de Digimon Adventure Zero Two?

24% 24% [ 9 ]
5% 5% [ 2 ]
3% 3% [ 1 ]
24% 24% [ 9 ]
3% 3% [ 1 ]
41% 41% [ 15 ]

Total dos votos : 37

Últimos assuntos
Os membros mais ativos da semana
KaiserLeomon
 
Vitor-Aizen
 

Digimon4EverPT
Geração Digimon Digimon & Pokémon Mystery Universe Digimon4EverPT Digital ZonePowered by BannerFans.comTv Digimon

O Futuro dos Videogames

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Futuro dos Videogames

Mensagem por Marcy em Qui 26 Abr 2012, 7:39 pm

O Futuro dos Videogames

O mundo muda. As pessoas mudam. Os acontecimentos mudam. A tecnologia muda. Tudo muda; algumas para melhor, outras para pior. Assim como tudo isso, os videogames também mudaram. Todo mundo aqui sabe que há uma larga diferença entre um Nintendo Wii U e um Super Nintendo, certo? Ou entre um Playstation e um Playstation 3, ou um Xbox e um Xbox 360, ou, ou...

Com o tempo, houve um notável avanço na questão dos gráficos nos jogos, partindo do 1 BITs do Odissey, para 122 BITs de um GameCube, ou ainda um avanço maior ainda onde a evolução de BITs não existe mais com a chegada da tecnologia HD. A cada geração de consoles, nos surpreendemos com novas descobertas, inovações, criações, que fica confuso analisarmos algo negativo nisso tudo. A internet então... quem diria que um dia jogaríamos onlines com jogadores no mundo inteiro utilizando apenas um console e uma internet Wireless! Mas aí é que entra o problema: a internet sendo implantada a partir da geração do Playstation 2 e do Xbox (mais especificamente na geração do Mega Drive, mas a internet dele não é muito atrativa), quando a Sony e a Microsoft entraram de cabeça nesse rumo e posteriormente descobriram que dava certo.

Vamos analisar por partes.

Os maiores concorrentes dos videogames portáteis

Antes de analisarmos a questão da internet nos consoles de mesa, precisamos dar uma atenção especial à sina dos portáteis, que são muito populares principalmente no Japão... ou era, até a chegada de um empecilho para as vendas.

Os videogames portáteis logo ganharam fama por serem práticos e, obviamente, portáteis; os primeiros portáteis, com destaque no Game Boy, tiveram uma venda absurda e suas empresas ganharam muito dinheiro. No entanto, nos últimos anos da década de 2000, essas vendas começaram a cair; a concorrência entre Nintendo e Sony (empresas responsáveis pelo Nintendo 3DS e Playstation Vita, respectivamente) não está muito acirrada devido a uma nova onda de concorrentes: os smartfones. A própria Nintendo admitiu que o 3DS não está concorrendo com o PSVita, e sim com essa nova moda que conquistou o mundo inesperadamente.

Mas o que os smartfones tem de especial? Vamos ver:

. Touch Screen: tem. 3DS e PSVita também.
. Internet: tem. 3DS e PSVita também.
. câmara e filmadora: tem. 3DS e PSVita também.
. mídia sonora e visual: tem. 3DS e PSVita também.
. jogos: tem. 3DS e PSVita também, mas a vantagem é que estes últimos possuem uma capacidade gráfica de jogos superior.
. telefone: tem. 3DS e PSVita não.
. tela 3D: não demorará para aparecer um smartfone com funcionalidade 3D. 3DS tem, mas PSVita não.
. Aplicativos em geral: tem. 3DS e PSVita poderão ter, mas poucos.

A única diferença notável é sobre os jogos, porém a tendência é os smartfones evoluírem rapidamente a capacidade gráfica e a processação de jogos, chegando ao nível dos portáteis atuais. Como os videogames portáteis possuem funções similares aos dos smartfones,e estes estão evoluindo gradativamente em uma velocidade assustadora, provavelmente não haverá mais videogames portáteis dentro de 20 anos.

Adeus mídias físicas

Quem tem Playstation 3 ou Xbox 360, ou tem um conhecimento sobre esses consoles, sabem que dá para comprar jogos e salvá-los no HD desses videogames, tornando-se desnecessário a troca de Blu Ray/HD DVD para jogar um jogo diferente. E também sabem que há jogos que só se vende exclusivamente via internet, e após o pagamento, o jogador pode fazer um download e gravar o jogo no HD. Ah, e também sabem que dá para baixar atualizações e aplicativos desses jogos via internet.

Essas novidades da última geração de videogames está prestes a se tornar incrivelmente comum no futuro; aos poucos, as mídias físicas (Blu Ray/HD DVD/SD Card) se extinguirão, pois os consoles passaram a ter uma memória rígida interna capacitada para armazenar os jogos, que serão vendidos via internet por download, como acontece um pouco agora. Isso é muito interessante, mas vamos dar uma olhada nos prós e contras.

O bom disso tudo é que os jogos se tornarão mais baratos; as empresas não irão mais se preocupar com a fabricação de mídias, nem com a taxa de exportação. E os jogadores vão ficar felizes pelo fato de o governo não cobrar impostos por conteúdos virtuais. Ou seja: os jogos comprados para download não terão impostos. E tem mais: como as mídias possuem um limite de bites, os jogos do futuro não terão esse obstáculo. Já imaginou aqueles jogos longos e com gráficos quase perfeitos em seu HD? E ainda: por menos de R$70?!?!

Esse pró é, ao mesmo tempo, bom e ruim. Porque na verdade, as produtoras não irão vender seus jogos baratos completos. Pelo fato de ser online, há probabilidades de os jogos vendidos serem versões betas quando em lançamento. Ou seja: o jogador paga para ter um jogo que na verdade não está pronto, e com o tempo precisa ir pagando mais para ter o resto do jogo. Ok, não exatamente nessas palavras, mas a verdade é: os jogos não terão mais aquela preocupação em terminar tudo para dar um resultado bom no final. No máximo, os produtores irão desenvolver a coluna vertebral do jogo e já colocar à venda. As costelas ficarão para depois, algumas gratuitas, mas a maioria cobrada.

Isso é bom e ruim também. Ruim pela descrição do parágrafo anterior; bom porque aí as produtoras não precisarão vender aquelas versões "definitivas" de um jogo após o lançamento deste – como em alguns jogos da série Kingdom Hearts, com aquelas versões Final Mix (que nada mais são do que os mesmos jogos, porém com alguns itens, chefes, locais e cutscenes a mais) –, precisando reutilizar um jogo já pronto e apenas adicionar pouca coisa. No futuro, o jogador só precisará baixar atualizações, o que na verdade já está acontecendo... mas precisará pagar, é claro.

Resumindo: com as atualizações que serão cobradas, o jogador irá pagar no futuro o preço normal de um jogo de hoje, ou ainda muito mais caro.

Variedades e desigualdade social

Os videogames do futuro não serão apenas máquinas para jogos eletrônicos – serão computadores. Na Xbox LIVE, por exemplo, eu posso tweetar no Twitter, Curtir no Facebook, ver Youtube, assistir algum filme na Netflix... no futuro, iremos fazer tudo no videogame o que já fazemos no computador: teremos editores de textos, de imagens, Skype. Iremos também poder navegar tranquilamente na digimonFOREVER e fazer alguma pesquisa no Google. Essa última parte já está acontecendo nos portáteis, e não tardará em chegar nos consoles de mesa.

Mas aí vem a parte chata; existem vários tipos de computadores, certo? Logo haverá vários tipos de um mesmo videogame. Isso já está acontecendo com o Xbox 360: existe o modelo Arcade (com HD de 4 Gb) e o Elite (de 250 Gb). Há pouco tempo havia Xbox 360 branco e também uma versão Black Piano, retirada do mercado recentemente. Também tem como comprar um HD separadamente, dando mais capacidade ao seu Xbox 360.

Futuramente, haverá enorme diversidade de videogames com modelos e versões diferentes, alguns mais baratos e outros mais caros. Então, o individuo não será igual a todos os outros que terão o mesmo console; ou o seu será superior que o de fulano, ou inferior. No futuro, haverá um enorme constraste social em relação aos videogames, separando os que podem ter certos aplicativos e funções, os que podem pouco, os que podem ter mais e os que não terão nada em seu videogames, necessitando de Pen-Drive ou SD Card para salvar alguma coisa nele.


Então, será que essas novas evoluções serão benéficas aos jogadores? Para os mais ricos e assinantes de internet muito rápidas, sim. Mas para os que não são tanto e querem um bom console para passar as tardes se divertindo, encontrarão problemas ao procurar um console de mesa – console de mesa, os portáteis deixarão de ser interessantes. Alguns discordam dessa minha teoria, porém, se não acontecer dessa maneira, então pelo menos irá se aproximar bastante dela.
avatar
Marcy

Kazentai
Kazentai

Mensagens : 1030
Data de inscrição : 09/10/2011
Localização : Terra dos Ex-Adm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Futuro dos Videogames

Mensagem por Mickey em Qui 26 Abr 2012, 9:42 pm

Oh God...

Nunca pensei que um dia eu iria dizer isso... mas agora começo a considerar a possibilidade...

Em alguns anos eu vou dizer... "No meu tempo eu jogava em um Video Game"...

Como será... não vão vender consoles... e sim a nova tecnologia que surgir...

Se eu tiver dinheiro... vou ficar feliz... se eu não tiver dinheiro... vou ligar meu PS2 mesmo...

__________________________________________________________________________

avatar
Mickey

Administrador
Administrador

Mensagens : 1322
Data de inscrição : 23/10/2011
Idade : 30
Localização : Goiás

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Futuro dos Videogames

Mensagem por Mtnhah em Qui 26 Abr 2012, 11:00 pm

Penso que cada vez mais o conceito de videogame vem mudando.
Jogos não são mais considerados como meros momentos de diversão...
Cada vez mais se desenvolvendo e se adaptando as novas tecnologias estando presente em vários momentos. Portáteis são realidade há muito tempo sem contar a inclusão de jogos para celulares, tablets e Notbooks tidos como instrumentos de trabalho.
O videogame e jogos chegaram a um patamar de serem considerados uma ARTE.
Não se faz mais videogame na garagem, existem dezenas quiçá centenas de pessoas para desenvolver um "misero jogo".
Mas isso está nos levando a um paradoxo onde o simples é valorizado, vide o game LIMBO, que é maravilhoso pela sua simplicidade.
avatar
Mtnhah

Younenki
Younenki

Mensagens : 21
Data de inscrição : 15/02/2012
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Futuro dos Videogames

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum