Votação

Qual é seu digiescolhido predileto de Digimon Adventure Zero Two?

26% 26% [ 10 ]
5% 5% [ 2 ]
3% 3% [ 1 ]
24% 24% [ 9 ]
3% 3% [ 1 ]
39% 39% [ 15 ]

Total dos votos : 38

Os membros mais ativos da semana

Digimon4EverPT
Geração Digimon Digimon & Pokémon Mystery Universe Digimon4EverPT Digital ZonePowered by BannerFans.comTv Digimon

O Oceano Negro e a metáfora de Lovecraft...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Oceano Negro e a metáfora de Lovecraft...

Mensagem por Rayana_Wolfer em Ter 04 Out 2011, 4:28 pm

Originalmente postado no dia 4 Novembro 2009 na Rainbow 09 Journal

Quando comecei a escrever este texto, eu pretendia desmistificar aquela ideia de que "Digimon 02 é inferior à 1ª temporada". Mas tenho de confessar: não foi uma atitude para convencer as outras pessoas, mas (principalmente) para me convencer a mim mesma. Fiz isso, para me re-educar porque quis dar algum crédito à temporada que me fez odiar Sorato, Yamato no universo da astronomia, Taichi como diplomata, entre outras coisas.

Quando era criança, acreditei simplesmente que esta temporada foi uma pura estratégia comercial, para aproveitar o sucesso do primeiro anime que estreou o conceito de Digimon na televisão. Por outro lado, pertenço ao grupo de fãs que criticaram a 2ª temporada, porque os escolhidos originais deixaram de ter o protagonismo que tinham... (que paradoxo! Querer originalidade, mas ao mesmo tempo, criticá-la)

Mas hoje penso diferente. Depois de ponderar bem, acho que a segunda temporada vem, pelo contrário, explicar muita coisa que ficou suspensa na primeira. Claro que Adventure 02 continua tendo mais buracos do que um queijo suíço, mas talvez seja porque a preocupação dos autores não se concentrou exclusivamente no factor comercial (justamente).

Antes de lerem esta análise, eu recomendaria que assistissem ao episódio 13 que vamos falar aqui. Mas se não tiverem paciência, não faz mal, porque na verdade, as vossas perguntas só vão aumentar. Muitos fãs ficam indignados porque o mistério deste episódio NUNCA mais foi mencionado.

Mas vamos por partes! Mesmo eu costumava estranhar este episódio, e fiquei bastante contente por finalmente percebê-lo. Tudo parece confuso, porque nada parece ser obvia e directamente relacionado com a trama principal do Anime.

A Chamada de Dagomon


Comecemos pelo princípio. Este episódio não está organizado com a estrutura narrativa que é normal em digimon.
- Tudo começa em silêncio, sem diálogo nem narração, e mostra-se simplesmente a imagem de uma criatura estranha (vide a imagem acima).

As primeiras perguntas do espectador surpreendido já começam a pipocar:
- Quem é esta criatura?
- Certamente será um digimon, não?
- Tudo bem, vamos ver o episódio para descobrir as nossas respostas.

Mas a porca torce o rabo quando continuamos a ver o episódio com mais perguntas do que respostas... porque para grande frustração dos fãs, essas respostas não são tão importantes quanto as questões.


Hikari Yagami é a personagem escolhida para preencher a aura deste eisódio: a escolhida da Luz não está apenas deprimida por uma razão qualquer que desconhecemos. O sentimento dela está a ter efeitos físicos sobre ela: durante a aula, Hikari começa a ver água em toda a parte, sentindo-se mergulhada num mar até aos joelhos. Ela fica perplexa, sem saber o que está a acontecer.

Takeru está concentrado na aula, mas quando olha para ela, percebe que algo de estranho se passa... porque, como a imagem de uma televisão desintonizada, Hikari quase é transportada para outra dimensão! Claro que nenhum deles percebe isto imediatamente. Hikari só mais tarde será realmente transportada para aquele outro lugar estranho, que não é o mundo digimon... é o Oceano Negro.

Em Digimon Adventure, o Oceano Negro é uma dimensão paralela originada pelos pensamentos negativos das pessoas (nas palavras do próprio Ken, no último episódio de Adventure 02).

Ken, num acesso de maus pensamentos, e com a morte do irmão, teve acesso a este universo paralelo graças a um pequeno empurrão de Oikawa, que reconheceu nele a aura de uma criança escolhida. Mas Ken não apenas era um escolhido: veio a ser afectado pelo poder da semente das trevas, e ganhou o D-3 negro, cerca de 3 anos antes da narrativa de Zero Two tomar lugar. Tudo isto originou o nascimento do Digimon Kaiser, que veio aterrorizar a Digital World, o mundo representativo dos sonhos humanos (também dito no episódio 50).

O Oceano Negro é um lugar misterioso, onde existem criaturas e objectos de natureza tenebrosa e misteriosa. Foi naquele Oceano que nasceu o modelo de digivice D-3, que o Ken adquiriu. É um digivice negro, ou seja, com propriedades maléficas ligadas àquele universo paralelo. (A Digital World simplesmente copiou o modelo D-3, e ofereceu-o às novas crianças escolhidas, para que elas pudessem lutar em igualdade contra o Digimon Kaiser)

Um dos objectos estranhos do Oceano são as Torres Negras, que possuem a função de balancear o equilíbrio entre os mundos paralelos. Não, o Digimon Kaiser não criou as Torres Negras. Elas já existiam naquele universo paralelo, e ele limitou-se a explorar o poder delas para seu benefício. Por exemplo: se as Torres forem construídas em lugares inapropriados, o equilíbrio entre as várias dimensões corre perigo, e todos os universos podem entrar em colapso (isto é explicado no episódio 34).

Quando o equilíbrio do Mundo Digital é afectado, é natural que as energias fiquem perturbadas. Isso automaticamente afecta aparelhos sensíveis como os Digivices das Crianças Escolhidas Originais. É por esta razão que Agumon e o resto dos digimons não conseguem evoluir normalmente: é por causa das energias perturbadas pelo poder do D-3 negro, na área onde as Torres Negras estão instaladas. Nem mesmo V-mon pode evoluir normalmente, junto a uma Torre Negra. Quinlongmon explica que, para superar esta dificuldade da evolução, tiveram que usar um sistema de evolução bem antigo: os Digimentals. Acho que foi graças a isto que a 2ª Geração de Escolhidos teve sucesso.

Mas o imperador construiu imensas Torres onde não devia. Por isso, durante os episódios de Zero Two, podemos perceber que há lugares onde as dimensões estão claramente "cruzadas", motivadas pelo desequilíbrio que elas provocam. É por isso que Hikari vai parar ao Oceano Negro, no episódio 13: ela entrou num lugar onde as dimensões estavam cruzadas (igual ao episódio 31).




Referências ao autor: Howard Lovecraft

Mas para compreender o real significado deste episódio, não podemos ignorar as estratégias escolhidas pelos animadores da Toei Animation. Como eles não explicaram o episódio, cabe aos fãs descobri-lo num processo de deliciosa arqueologia. x)

O episódio dA Chamada de Dagomon possui várias pistas subliminares, que são muito importantes para perceber onde quero chegar com esta explicação.

1) A 1ª pista aparece-nos imediatamente antes do título:


Isto é um silabário inventado para a franquia Digimon. É Digicódigo, e possui uma equivalência directa com o silabário japonês:


É aqui que vos lanço um desafio de tradução. =P Pegando nas equivalências, o código pode ser descodificado para o seguinte texto em japonês:

フングルイ ムグルウナフ クトゥルウ ルルイエ ウガフナグル フタグン

O que significa?
Se pegarmos no katakana e traduzirmos para roma-ji, esta frase pode ser lida da seguinte maneira:

fungurui muguruunafu kutooruu ruruie ugafunaguru futagun

Parece tratar-se de uma simples confusão de sons. No entanto, NÃO É. Não é uma confusão de sons à toa. Para perceber a lógica deste código, precisam de saber três coisas:

    1. Que o silabário japonês não possui o som do "L". Eles não dizem "La, Li, Lu, Le, Lo". Eles possuem um equivalente, que se pronuncia: Ra, Ri, Ru, Re, Ro... (este "R" não deve ser lido como "RR", mas sim como se estivesse entre vogais. Leia como o "r" da palavra aRaRa.)

    2. Que o silabário japonês "come" algumas vogais, nomeadamente, a letra U. Para pronunciar a palavra FRANÇA, do modo que nós portugueses/brasileiros falamos, eles escrevem FU-RA-N-SA. Isto parece estranho quando é escrito com as nossas letras... mas quando é dito em voz alta, tem lógica.

    3. Que no alfabeto ocidental, antigamente, o som da letra "F" era escrito com "Ph".
    Se pegarem num livro velho, poderão reparar que a palavra "Farmácia", por exemplo, escrevia-se "Pharmácia" (que provém do grego pharmacon). Ou seja: "PH" = "F".


Com estas três instruções, estão munidos das ferramentas que precisam, para entender a lógica da frase do Digicódigo: fungurui muguruunafu kutooruu ruruie ugafunaguru futagun.

Na verdade, isto seria traduzido para a seguinte expressão:

Ph'nglui mglw'nafh Cthulhu R'lyeh wgah'nagl fhtagn

Esta frase vem de um livro chamado The Call of Cthulhu (O chamamento de Cthulhu), da autoria do norte-americano Howard Lovecraft. É uma história de terror, mistério e suspense, que sugere uma série de acontecimentos estranhos, que levarão ao fim da humanidade.

A inspiração desse livro serviu para dar um pouco de mistério ao episódio, que é um dos mais sinistros e incómodos da temporada. Esta frase, explicada no livro de Lovecraft, significa:

No seu lar em R'lyeh, o Cthulhu morto aguarda-o em sonhos

R'lyeh é uma cidade imaginária, mencionada nos livros de Lovecraft, e que está supostamente situada no Oceano Pacífico, onde uma espécie de deus desconhecido se encontra sepultado.

Cthulhu é uma espécie de representação de argila, que representa um ideal. Faz parte de um culto, associado a um rito ancestral, numa mitologia tenebrosa que afirma que no dia em que o ritual de Cthulhu for recuperado, o fim dos Homens estará próximo.

Vale esclarecer também, que o mundo criado por Lovecraft inspirou uma série de outros romances, de outros autores, que usaram a mitologia de Cthulhu para fazer alusão a uma espécie de mal adormecido, desde tempos imemoriais. Os livros criaram fenómenos sociais em todo o mundo, inclusive na Ásia, e por estranho que pareça, houve mesmo grupos que prestavam culto ao mito e acreditavam nele!

Esta mitologia possui um significado sinistro que está associado a um panteão de monstros: um grupo de criaturas horríveis veneradas como deuses, mas de origem tenebrosa. Entre eles, existe Dagon, é um dos seres "vindos das profundezas" que, segundo o author, está cedido lugar ao Cthulhu. O mais curioso é que Dagon não se trata exactamente uma invenção de Lovecraft. Ele foi realmente uma divindade adorada pelos filisteus.

Foi daqui que nasceu o nome Dagomon: a criatura que nós vimos no início deste episódio. =) E há ainda outro digicódigo que podemos decifrar:


Quando Hikari está sozinha na praia do Oceano, aparece um novo digicódigo. Este código é traduzido para: インスマウス, ou seja, Innsmouth.

Innsmouth é uma das cidades fictícias associadas ao mito de Cthulhu. No livro de Lovecraft, intitulado Sombra sobre Innsmouth, é dito que o Cthulhu encontra-se adormecido nas profundezas do Mar, e que é venerado também por criaturas que não são humanas.

Reparem que neste episódio aparecem "digimons" não são exactamente monstros digitais. Os "Hangyomons" que aparecem neste episódio só assumem o aspecto de "digimons" enquanto estão conectados às espirais malignas, que vieram da Digital World. Mas pouco tempo depois, quando foram libertados das espirais negras do Imperador, graças à Hikari, estas criaturas mostraram o seu verdadeiro aspecto, e transformaram-se em espectros estranhos, que deixam qualquer fã, no mínimo, perturbado.


Que criaturas são estas?
Não, não são digimons. Isto ficou bem claro. Estas criaturas são referências absolutamente óbvias, explícitas, às criaturas peixe-homem (não humanas) que foram criadas por Dagon e que veneram o Cthulhu, nos livros de Lovecraft.

Estas criaturas são um mistério completo, e qualquer pessoa intui que não são amigáveis. A aura deles é estranha: falam com Hikari e afirmam que o deus deles os abandonou! Afirmam que querem Hikari para ser rainha deles. Ora, isto faz-nos ponderar: por quê que criaturas tenebrosas querem a escolhida da Luz?

Se a Luz (Hikari) for engolida pelo Chulthu (o mal), toda a esperança acaba. O Fim da Humanidade profetizado pelo mito Cthulhu seria, com efeito, uma perturbadora realidade.

Felizmente, o escolhido da Esperança (Takeru) intervém e consegue entrar no Oceano Negro, gritando o nome da amiga "Hikari", para salvar a nossa Luz/Hikari...

Considerações Finais

Percebemos aqui que o Cthulhu está associado a um mistério tenebroso. Os livros de Lovecraft insinuam que o mito está na base da criação da Humanidade, também ela sinistra e cheia de intenções perversas, enfim, com uma natureza muito obscura e incerta.

Na Humanidade, com efeito, existem problemas muito profundos, que nos levam até às maiores questões filosóficas:
- Afinal de contas, qual é a origem do Homem, ou do Universo?
- O que é o Mal, e porquê que ele existe?
- O que é a morte, e o que está para além dela?
- ...etc

São alguns dos grandes enigmas da Humanidade. Enigmas que fizeram nascer coisas como a Religião, a Filosofia, ou a Hermética. Enigmas que motivam os Homens na conquista da juventure eterna, ou da confortável tecnologia. Diante de grandes questões existenciais, confirmamos a intranquilidade do Ser Humano, que é uma criatura cheia de limites. O seu problema está em aceitar esse limites, ao mesmo tempo que reconhece a existência do Infinito.

O Oceano Negro, na minha opinião, é uma metáfora transparente para um mundo negro que está adormecido em todos os seres humanos: isto pode até ser associado ao Inconsciente da psicanálise de Freud. - A consciência é a pontinha do Iceberg que está visível... mas nós sabemos que a maior parte do corpo do Iceberg encontra-se submersa, debaixo de água, mergulhada dentro do Oceano e escondendo-se nas suas profundezas...

Lovecraft era um homem apaixonado pelo universo do Sonho e do Inconsciente. Realmente, ele tem razões para isso, porque o Homem é um mistério e tanto! Paradoxalmente, o mistério é uma coisa que incomoda o Homem. As trevas nem sempre estão associadas ao "MAL"... aqui, será mais legítimo associar as Trevas à Ignorância (o que, no fundo, acaba sendo a mesma coisa).

Manter a sensação de mistério e terror ao longo de todo o episódio, a meu ver, faz todo o sentido. Porque a "dor", a "morte", o "mal"... tudo isso são grandes mistérios e problemas da humanidade. Aparentemente, não há como agir perante esse tipo de coisas. O ser humano incomoda-se com essa sensação de fragilidade. Não se pode dizer quem é Dagomon, sem trair esta filosofia. O Oceano Negro representa tudo isso, tal como Ken afirma no último episódio de Zero Two, e Hikari teve que se agarrar à Esperança para não se deixar ficar "de baixa moral"...

- O que é este tal de Dagomon? De onde veio? Que ameaça ele constitui para a Hikari? Takeru poderá salvá-la?

Acho que isto poderia corresponder às seguintes perguntas:

- O que são todas estas coisas, que são um mistério? (morte, existência, mal, vida, universo, homem... o que são?)
- Que ameaça estas perguntas existenciais constituem para a nossa vida e vontade/objectivo de viver? (Hikari parecia muito deprimida, ao se confrontar com esta situação)
- A esperança/fé poderá salvar a nossa pequena luz, perdida neste grande oceano de mistérios?


Para que o ser humano não se deixe arrastar pela sensação de nihilismo, ele tem que guardar fé e esperança no futuro. Fé em algo que é divino e superior. Luz, de uma pessoa vigilante e bem humorada, animada com a vida. Quem sabe... com esta atitude, um "anjo" não lhe mostrará o caminho de volta às origens...
avatar
Rayana_Wolfer

Seichouki
Seichouki

Mensagens : 128
Data de inscrição : 25/09/2011
Idade : 29
Localização : Portugal

http://rainbow09.comli.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Oceano Negro e a metáfora de Lovecraft...

Mensagem por Lukas em Qua 05 Out 2011, 2:51 pm

Ótima análise! Eu não havia a lido antes. Gostei muito.
Agora faz sentido boa parte do que foi mostrado no Anime.
Mas eu tenho uma dúvida. Por que Demon não "restaurou" suas forças ao ser levado para aquela dimensão? Ele era um ser maligno...

E mais, de acordo com este artigo na Wikimon, que traduziu o texto do site Digimon.net, Demon e Lucemon já foram Seraphimons, para descobrir certos "segredos" de Deus.
Então, se eles descobriram isso, como Demon não conseguiu sair daquele lugar, já que ele era um "ex-anjo", e ainda mais, um anjo de maior cargo no Mundo Digital?

Este fato foi mal-planejado, ou tem alguma lógica Demon ter ficado "preso" naquela dimensão?
avatar
Lukas

Younenki
Younenki

Mensagens : 17
Data de inscrição : 25/09/2011
Idade : 20
Localização : Brasília, DF, Brasil

http://www.digimonfanmytsu.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Oceano Negro e a metáfora de Lovecraft...

Mensagem por Rayana_Wolfer em Qua 05 Out 2011, 3:55 pm

Lukas escreveu:Mas eu tenho uma dúvida. Por que Demon não "restaurou" suas forças ao ser levado para aquela dimensão? Ele era um ser maligno...

Na minha opinião, Demon pode até ter restaurado as suas forças, mas isso não vale de nada. Creio que SÓ os D-3s podem libertá-lo do Oceano Negro. É fácil entrar no Oceano Negro (más emoções, por exemplo), mas sair dela é praticamente impossível! É só possível se tiverem um D-3s (só recordar que o primeiro D-3 foi o do Ken, criado no próprio Oceano Negro. Só mais tarde a DW copiou o modelo para fazer novos escolhidos). Demon continua afastado do Mundo Real, não importa quão poderoso seja.

Eu acredito até que Demon se tornou o "novo rei" do Oceano Negro, e que roubou o lugar do Dagomon naquele universo. Reparem que o Demon possui este símbolo no manto dele:


Este símbolo é a Elder Sign. No universo criado por Lovecraft, todas as criaturas que possuem este símbolo pertencem ao grupo dos "Old Ones" (criaturas "Anciãs") que são muito mais poderosos do que os "Deep Ones" (os das profundezas). Ou seja: Dagomon e todas as criaturas das profundezas não podem atacar o Demon, que é um Old One.

Lukas escreveu:E mais, de acordo com este artigo na Wikimon, que traduziu o texto do site Digimon.net, Demon e Lucemon já foram Seraphimons, para descobrir certos "segredos" de Deus.
Então, se eles descobriram isso, como Demon não conseguiu sair daquele lugar, já que ele era um "ex-anjo", e ainda mais, um anjo de maior cargo no Mundo Digital?

Este fato foi mal-planejado, ou tem alguma lógica Demon ter ficado "preso" naquela dimensão?

Meu, cuidado para não misturar as coisas.
O Demon de Digimon Adventure não é o mesmo de V-Tamer. Só no manga V-Tamer é que a gente ouve falar num "Deus", um Kami, que inclusive construiu um castelo no qual nenhum humano pode entrar. A única forma de um humano entrar no castelo de Kami é sendo portador das 5 tags. É por esta razão que, no manga, Taichi tem que reunir as 5 tags com o Zero, para entrar no castelo, que Demon habita (Kami, aparentemente, morreu faz tempo). Por seu lado, Taichi foi chamado ao mundo digital por Holy Angemon, que evolui para Seraphimon durante a guerra contra o exército de Demon.

Não faz sentido misturar alhos com bugalhos, já que cada anime/manga possui as suas próprias regras e histórias.

Eu sou da opinião de que o Oceano Negro jamais será uma ameaça para o Demon, mas que ele simplesmente ficou lá preso para sempre, até que alguém o liberte com um D3. Isso, ou quando as dimensões estiverem cruzadas e ele achar um buraco pra sair. xD

Mas isto é só a minha interpretação, claro.

avatar
Rayana_Wolfer

Seichouki
Seichouki

Mensagens : 128
Data de inscrição : 25/09/2011
Idade : 29
Localização : Portugal

http://rainbow09.comli.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Oceano Negro e a metáfora de Lovecraft...

Mensagem por Digi Rei em Qua 02 Nov 2011, 1:38 pm

Nossa Rayana, ótima análise!
Nunca vi nada igual!
É fantástico descobrir coisas que antes não sabíamos sobre Digimon, no caso, o Mar Negro!
Esse episódio é tenebroso!
Ah, e a cidade onde Hikari estava naquela imagem, será Innsmouth?

__________________________________________________________________________

AVANTE CATastrophe!

avatar
Digi Rei

Moderador
Moderador

Mensagens : 949
Data de inscrição : 02/11/2011
Idade : 19
Localização : Ribeirão Preto, São Paulo

http://nihongo-gakkou.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Oceano Negro e a metáfora de Lovecraft...

Mensagem por SpyroFan em Sex 04 Nov 2011, 7:52 am

Nossa... Isso é muito legal. Na minha cidade eu devo ser um dos que mais sabe de digimon, mas considero pouco perto do que pessoas aqui da DF por exemplo sabem. Essa análise tornou a unica temporada de digimon que eu não gostava, legal...

SpyroFan

Younenki
Younenki

Mensagens : 11
Data de inscrição : 31/10/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Oceano Negro e a metáfora de Lovecraft...

Mensagem por Mickey em Sex 04 Nov 2011, 12:22 pm

Simplismente incrível!

Este foi o episódio mais sombrio de Digimon. Em minha opinião. Um tanto confuso e apesar de ter sido mais explorado neste episódio o esquema do oceano negro. Será que a intenção dos criadores do episódio foi mesmo de homenagear o Lovecraft? Colocando esta referencia? Se bem que incluiram um belo evento ainda misterioso...

Rsrsrs

"Não sabes o quanto estas águas negras são profundas..."

__________________________________________________________________________

avatar
Mickey

Administrador
Administrador

Mensagens : 1322
Data de inscrição : 23/10/2011
Idade : 31
Localização : Goiás

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Oceano Negro e a metáfora de Lovecraft...

Mensagem por Wolf em Seg 07 Nov 2011, 10:30 am

Muito bom post Rayana.
Eu já sabia dessa analogia do oceano negro,dagomon e os mitos de cthulu ( tanto que eu e o Brick usamos isso como base pro RPG do outro forum), mas seu post mostro varias coisas que eu não tinha parado para pensar,reparar ou nem lembrava sobre o episodio.
Eu acho no minimo intrigante a opção dos autpores de incluir os mitos de cthulu em digimon...tudo bem que digimon tem tantas mitologias enseridas que não devia ser surpresa, mas entre tantas referencias a mitologia cristã( e a propria saga dos escolhidos contra a escuridão) colocar os mitos de lovencraft...bom eh meio sinistro isso lol
De qualquer forma, o artigo me fez lembrar do new World of Darkness, da white wolf..alguem aqui já jogo?Bom,certeza que eles devem te se inspirado a lot em lovencrat
E lendo esse post eu nunca reparei como digimon é um anime fertil para contos/fics de terror...nem precisa usar as referencias a cthulu..tipo só encontros aleartorios entre as dimensões contados no clima certo dariam otimas historias!
Só pra terminar uma duvida e uma questão que fica em aberto...
Dagomon teve a aparencia baseada em Cthulu ,e não em Dagon né?
E a questão eh...se Dagomon é baseado em Cthulu,q já é uma criatura tremendamente poderosa nos mitos e é apenas na forma perfeita...dagomon teria uma possivel evolução baseada em um mito mais poderoso ( ainda)?
avatar
Wolf

Younenki II
Younenki II

Mensagens : 52
Data de inscrição : 12/10/2011
Idade : 25
Localização : Marte

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Oceano Negro e a metáfora de Lovecraft...

Mensagem por Rayana_Wolfer em Seg 07 Nov 2011, 2:23 pm

Wolf escreveu:Só pra terminar uma duvida e uma questão que fica em aberto...
Dagomon teve a aparencia baseada em Cthulu ,e não em Dagon né?

É um bocado difícil saber, se a nossa única base é literária. Acho que cabe aos desenhistas decidir como é o aspecto físico. Sinceramente eu acho que ele é uma fusão dos dois, por tudo o que representa.

Dagon:


Cthulhu:



Dagomon é mais parecido com o Cthulhu, excepto na cabeça. No lugar de ter tentáculos na cara, tem nas pernas e braços (como o Dagon, imo).



Wolf escreveu:E a questão eh...se Dagomon é baseado em Cthulu,q já é uma criatura tremendamente poderosa nos mitos e é apenas na forma perfeita...dagomon teria uma possivel evolução baseada em um mito mais poderoso ( ainda)?

Honestamente, eu não sou pessoa de especular sobre evoluções de digimons. Só posso concordar que faria sentido que ele tivesse uma evolução. Tecnicamente, ele pode até ser o próprio Demon evoluído que foi selado no Oceano Negro pelo Ken no episódio 45 de AD02. Só que isso nunca foi confirmado, só pode ser deduzido.
avatar
Rayana_Wolfer

Seichouki
Seichouki

Mensagens : 128
Data de inscrição : 25/09/2011
Idade : 29
Localização : Portugal

http://rainbow09.comli.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Oceano Negro e a metáfora de Lovecraft...

Mensagem por Gatsu*~ em Qui 05 Jan 2012, 5:49 pm

Adorei!

Eu inclusive prestei bastante atenção nessa passagem:


“Reparem que neste episódio aparecem "digimons" não são exactamente monstros digitais. Os "Hangyomons" que aparecem neste episódio só assumem o aspecto de "digimons" enquanto estão conectados às espirais malignas, que vieram da Digital World. Mas pouco tempo depois, quando foram libertados das espirais negras do Imperador, graças à Hikari, estas criaturas mostraram o seu verdadeiro aspecto, e transformaram-se em espectros estranhos, que deixam qualquer fã, no mínimo, perturbado.

Que criaturas são estas?

Não, não são digimons. Isto ficou bem claro. Estas criaturas são referências absolutamente óbvias, explícitas, às criaturas peixe-homem (não humanas) que foram criadas por Dagon e que veneram o Cthulhu, nos livros de Lovecraft.”


Vendo de certo ângulo, quando afetadas pela dimensão do DW (Digimon World), as criaturas ganharam aspectos de digimons... Então fiquei a cá a pensar com meus botões: será que outras criaturas do mais diversos aspectos ganhariam formas de digimon? E isso me remeteu a uma loucurinha...

Se eu bem me lembro, é dito que o DW é ‘sensível’ aos desejos do seres humanos (caso eu não esteja enganado era esse o motivo dos protagonistas novos conseguirem mudar o visu das roupas, simplesmente porque desejavam) e é uma espécie de ‘dimensão dos sonhos’. O que quero dizer com tudo isso é: será que de alguma forma a ‘realidade do mal’ dos adultos, que seria essa dimensão do Mar Negro, não foi afetada pela ‘realidade dos sonhos’ das crianças e isso teria dado origem ao Digimundo?

Seria plausível: afinal o DW simplesmente copiou a versão do D-3, não o criou, o que poderia (na minha perturbada cabeça) significar que o lar dos digimons e os próprios são na realidade uma ramificação fantasiada por crianças do monte de perversidade presente nas mentes adultas (eu incluso o/), as quais teriam dado origem em primeira instância à casinha do Dagomon ^^ A própria escolhida Hikari, ao manifestar sentimentos vividos mais no cotidiano de pessoas crescidas do nos de infantes, como depressão e tristeza, é levada a fazer um ‘tour’ no que pode vir a ser seu DW quando ela virar uma mulher cheia dos dualismos e preocupações.

Seria isso válido?

No mais, deixo claro que essa é a primeira teoria que leio e opino sobre digimon, então se eu tiver dito alguma merda favor ignorar. Em segundo caráter, parabéns pelo post, adoro coisas que me façam pensar =}

avatar
Gatsu*~

Younenki
Younenki

Mensagens : 25
Data de inscrição : 11/11/2011
Idade : 28
Localização : Guarulhos - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Oceano Negro e a metáfora de Lovecraft...

Mensagem por Rayana_Wolfer em Qui 12 Jan 2012, 8:03 pm

Lol, thanks!

Meu, sei lá, dá para especular sobre tanta coisa a respeito que é preciso tomar cuidado para não cair da sobre-interpretação. Mas olha lá:

- a Toei passou a mensagem de que a Digital World do anime era representação dos sonhos humanos, certo?
A Digital World é formada pelos dados digitais da rede de computadores do mundo real.

Hoje a net e os computadores são coisas bonitinhas que a gente usa para entretenimento e para atender a necessidades académicas, e até hoje temos redes sociais bonitinhas para pessoas com os mesmos interesses interagirem alegremente (coisas tão rox como fóruns de digimon, para fãs se comunicarem e baixarem episódios). Mas onde essa rede começou? Não foi na 2ª Guerra Mundial e na Guerra Fria?

Enfim, é só um pensamento aqui. Nada a ver com digimon já. Mas dá para pensar duas vezes sobre essa mensagem bonitinha de Digital World = Universo da concretização de sonhos.

;D Cheers!
avatar
Rayana_Wolfer

Seichouki
Seichouki

Mensagens : 128
Data de inscrição : 25/09/2011
Idade : 29
Localização : Portugal

http://rainbow09.comli.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Oceano Negro e a metáfora de Lovecraft...

Mensagem por Wolf em Qua 25 Jan 2012, 3:53 pm

Fato Ray, e acho que a gente não pode ver digimon puramente como um mundo dos sonhos, a serie mesmo mostra o contrario. Afinal Devimon,os mestre das trevas,etemon,vamdemon...
No minimo, o Mundo digital teria que ser um mundo tanto dos sonhos quanto dos pesadelos
Mas nunca foi muito bem explicado como as emoções humanas conseguem afetar o mundo digital,afinal ele teoricamente é um mundo formado apartir da sinformações da internet e dos computadores neh?Essas coisas não são modificaveis assim facilmente o.o
avatar
Wolf

Younenki II
Younenki II

Mensagens : 52
Data de inscrição : 12/10/2011
Idade : 25
Localização : Marte

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Oceano Negro e a metáfora de Lovecraft...

Mensagem por Kyuubi em Qua 03 Abr 2013, 11:18 am

Ainda não tinha posto bem os olhos neste post ! Uma exelente análise na minha opinião Ray-Sama .
Para ser sincero , sou bastante novo e qdo assisti a AD02 , fiquei sem perceber bem o sentido do episódio . Percebi que o Oceano Negro era uma dimensão paralela onde se conseguia chegar estando num estado de espirito cheio de emoções negativas , até porque o Ken também conseguia chegar lá , e quando lá foi pela 1ª vez adquiriu o seu D-3 o que remota para que esse fosse o instrumento necessário para entrar ou sair do local .
Também percebi que tanto Demon como Dagomon estavam relacionados com algum tipo de mitologia(nunca pensei no Lovecraft era bastante novo xD ) .
Agora tudo faz mais sentido . Aliás eu sempre ignorei , literalmente , ambos os digicodes e agora vejo o quão importantes são para uma boa análise deste episódio o:
Deixo aqui uma pergunta meio parva mas fica..Se o D-3 original foi criado no Oceano Negro como é que a Digital World conseguiu criar mais 3 e transformar outros 2 de igual poder ? Secalhar não estou a expor bem isto , se não foram criados no Oceano Negro teoricamente seriam de algum modo inferiores ao original não é ? Sei que a Digital world consegue copiar as suas caracteristicas e funcionalidades , foi provado ao longo da temporada eles derrotaram o Digimon Kaiser , portador do D-3 original e com eles conseguiram abrir um portal para o Oceano Negro para enviar Demon de volta etc . Mas o original tem(ou devia ter) a essência do mundo onde foi criado o que o devia tornar único e evitar que as cópias igualassem ou sobreposessem o seu poder ...A unica exepção talvez seja o facto de os restantes D-3's terem uma "boa aura" por assim dizer já que não condicionavam a digivolução normal(sem a presença de torres negras claro) . Sei lá isto é mais uma opinião , mas se houver uma explicação para isto eu agradeço imenso (:
avatar
Kyuubi

Younenki II
Younenki II

Mensagens : 71
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 21
Localização : Santarém , Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Oceano Negro e a metáfora de Lovecraft...

Mensagem por Rayana_Wolfer em Sex 12 Abr 2013, 4:01 pm

Thank you =D

Kyuubi escreveu:Deixo aqui uma pergunta meio parva mas fica..Se o D-3 original foi criado no Oceano Negro como é que a Digital World conseguiu criar mais 3 e transformar outros 2 de igual poder ? Secalhar não estou a expor bem isto , se não foram criados no Oceano Negro teoricamente seriam de algum modo inferiores ao original não é ? Sei que a Digital world consegue copiar as suas caracteristicas e funcionalidades , foi provado ao longo da temporada eles derrotaram o Digimon Kaiser , portador do D-3 original e com eles conseguiram abrir um portal para o Oceano Negro para enviar Demon de volta etc . Mas o original tem(ou devia ter) a essência do mundo onde foi criado o que o devia tornar único e evitar que as cópias igualassem ou sobreposessem o seu poder ...A unica exepção talvez seja o facto de os restantes D-3's terem uma "boa aura" por assim dizer já que não condicionavam a digivolução normal(sem a presença de torres negras claro) . Sei lá isto é mais uma opinião , mas se houver uma explicação para isto eu agradeço imenso (:

Não é uma pergunta parva, embora sinceramente não faça ideia de como responder. xD

Tipo, não sei se isto tem alguma coisa a ver, mas acho que pode ajudar-te a criar alguma teoria:
http://rainbow09.comli.com/adventure/linha_temporal.html

O link é uma página que escrevi e que contém a cronologia de Digimon Adventure (traduzida e ampliada a partir de outras fontes em inglês).
Neste texto, há lá uma parte onde se explica a existência de 2 universos paralelos, muito mais antigos que o Mundo Digital. Estes universos ajudaram a criar o Mundo Digital:

    1943-1946

    [...]

    O processamento dos dados do Mundo Digital ocorre muito perto de outras duas dimensões paralelas vizinhas, não relacionadas: a primeira é um mundo caleidoscópico que possui a capacidade de materializar pensamentos e sonhos, transformando-os em realidade, de forma quase instantânea. A segunda dimensão vizinha é um oceano agourento e de mau presságio, que tem a peculariedade que fazer pensamentos negativos ganharem vida. Embora a dimensão dos sonhos pareça desabitada, sabe-se que o mundo das trevas está ocupado, pelo menos, por Dagomon e pelos seus lacaios. O Mundo Digital está estreitamente ligado a estes dois mundos e chega mesmo a absorver uma fracção do poder da dimensão dos sonhos para tornar pensamentos em realidade. Entretanto, à medida que os anos passam, os dados da rede de computadores e da internet da Terra continuam a adicionar informação ao Mundo Digital, enquanto, ao mesmo tempo, o poder da dimensão dos sonhos do Mundo Digital começa a dar forma aos pensamentos, sonhos, mitos e crenças espirituais do povo da Terra.


Acho que só por aqui, percebes aonde quero chegar...

1º) é que, pelo que eu percebi disto tudo, o Mundo Digital e o Oceano, em sua essência, não têm o poder de criar nada.
Repito, nenhuma das dimensões "cria".

Quem faz isso é aquela dimensão paralela que apareceu no final de Zero Two. Na falta de um nome oficial, eu costumo chamar-lhe "dimensão dos sonhos". É a Dimensão dos Sonhos que têm o poder de materializar vontades e pensamentos. No final de Zero Two nós vimos bem como isso aconteceu, quando apareceram aquelas evoluções todas do V-mon e do resto dos digimons todas aos mesmo tempo.

2º) é que os três mundos, embora sejam separados, fazem todos fronteira uns com os outros e influenciam-se mutuamente. Por que outra razão há digimons no Oceano Negro? Não existe lá só Digimons, como este episódio 13 comprovou. Mas o Dagomon, que aparentemente lidera neste Oceano, ele é um digimon, sem dúvida alguma.
Então parece-me que a Digital World também pode ter influência sobre o Oceano Negro e consiga ler/copiar/processar/recriar os seus dados se assim lhe for conveniente..

Enfim, não sei.
Isto são tudo leituras e interpretações de uma mente que não tem mais nada de útil que fazer. *cough* xD Não me parece que a Toei tenha inventado o universos paralelos desta forma para explicar em concreto essa coisa dos D3s, mas olhando à conjectura geral, até pode dar sentido a isso.
avatar
Rayana_Wolfer

Seichouki
Seichouki

Mensagens : 128
Data de inscrição : 25/09/2011
Idade : 29
Localização : Portugal

http://rainbow09.comli.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Oceano Negro e a metáfora de Lovecraft...

Mensagem por Kyuubi em Dom 14 Abr 2013, 9:29 am

Obrigada Ray Very Happy acho que assim a coisa já faz mais sentido ! O facto desses mundos estarem de certa forma interligados resolve muita coisa e responde á pergunta (:
avatar
Kyuubi

Younenki II
Younenki II

Mensagens : 71
Data de inscrição : 10/03/2013
Idade : 21
Localização : Santarém , Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Oceano Negro e a metáfora de Lovecraft...

Mensagem por KaiserLeomon em Qua 17 Abr 2013, 10:28 am

Segundo o Wikimon um dos Megas Levels possíveis de Dagomon é o do Demon Lord do Mar Leviamon mas ele também pode evoluir para o Deus do Mar do Olimpo Neptunmon ou para um Pukumon ( aquele Digimon Peixe Baiacu ) mas entre seus Megas possíveis esta Demon,Giga Seadramon ,MetalEtemon,MetalSeadramon e VenomVandemon/VenomMyotismon








__________________________________________________________________________

"Faça todo o bem que você puder, com todos os recursos que você puder, por todos os meios que você puder, em todos os lugares que você puder, em todos os tempos que você puder, para todas as pessoas que você puder, sempre e quando você puder."

Friedrich Von Schiller
avatar
KaiserLeomon

Moderador
Moderador

Mensagens : 4390
Data de inscrição : 02/10/2011
Idade : 46
Localização : Guarulhos

http://sansomon.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Oceano Negro e a metáfora de Lovecraft...

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum